bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Meirelles afirma ser contra fim do cheque especial

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, disse hoje que é contra a extinção do cheque especial em razão dos juros abusivos. Para ele, a eliminação do cheque especial seria um desserviço à população. Segundo ele, é preciso desestimular o uso do cheque especial, mas não acabar com a possibilidade crédito.Meirelles também foi cobrado pelos deputados sobre a atuação do Banco Central como órgão de defesa da concorrência no sistema bancário. Segundo ele, o BC tem feito um grande trabalho nesta área e afirmou que os índices de concentração no Brasil são bastante compatíveis. Meirelles afirmou que o País está caminhando para um aparato normativo moderno e lembrou que há em tramitação no Congresso um projeto feito em acordo com o Cade para reestruturar o sistema de defesa da concorrência.Ele também lembrou que há uma decisão do Supremo Tribunal Federal que determina que conflitos de abuso da lei de defesa do consumidor deve ser resolvido no judiciário. Ele informou que o Banco Central tem convênios com os Procons para resolver problemas de abuso do sistema bancário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.