Meirelles: decisão do BC americano afeta dólar

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, afirmou que a decisão do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), tomada hoje, afeta principalmente o dólar em relação a todas as moedas na economia mundial. Mas Meirelles afirmou que o corte de 0,25 ponto porcentual nos juros norte-americanos não visa à taxa de câmbio, mas sim "alcançar um balanço de risco adequado entre atividade e inflação nos Estados Unidos e atende a circunstâncias específicas da economia norte-americana". Questionado sobre o impacto da decisão do Fed na economia brasileira, Meirelles disse que é necessário aguardar. "O importante é que o Brasil está sólido, a economia brasileira vai muito bem, está crescendo, e os dados divulgados hoje (sondagem industrial) mostram a continuada força do crescimento industrial, do emprego e dos investimentos", disse Meirelles ao reafirmar que a economia brasileira está em um momento extremamente favorável. Ele destacou indicadores como reservas internacionais e a situação fiscal. "O importante é que o Brasil está crescendo com inflação na meta", afirmou. Questionado se a decisão do Fed vai evitar uma desaceleração maior do que a esperada pelo BC da economia norte-americana em 2008, Meirelles respondeu: "Parece ser esta a expectativa do Fed".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.