Meirelles destaca desafios do sistema financeiro

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, disse hoje que o grande desafio do sistema financeiro nos próximos meses e anos será a redução do custo bancário e do spread ? diferença entre os juros de captação de recursos junto aos investidores e as taxas cobradas nos empréstimos ?, que permitirá o aumento do acesso a serviços.Segundo ele, um estudo recente do Banco Central conjunto com o Banco Mundial revela que a exclusão financeira reduz o bem estar social potencial dos indivíduos e a produtividade dos empreendimentos econômicos. "Neste contexto, cabe aqui papel importante ao Banco Central: promover políticas direcionadas à expansão do acesso ao mercado financeiro. Em resumo: promover a inclusão financeira", afirmou.Meirelles citou ainda a importância da ampliação dos correspondentes bancários, em que agências dos Correios e estabelecimentos comerciais prestam serviços básicos de agências bancárias a 30% dos quase 5.600 municípios brasileiros, que até recentemente não tinham este tipo de atendimento. O presidente do BC falou sobre a necessidade de uma regulação eficiente do sistema financeiro que permita uma competição livre, com a prevenção de práticas oligopolistas e monopolistas. "Mercados com grande eficiência são aqueles que garantem a competição." Ele acrescentou que "quanto mais transparente for o mercado, mais competitivo ele será e melhor atendido será o consumidor".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.