Meirelles diz que ainda não há decisão sobre seu futuro

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, disse no final desta tarde que ainda não decidiu se fica no cargo ou se se desincompatibilizará para concorrer a um cargo eletivo em outubro. Ele disse que ainda está tendo conversas com integrantes do governo porque trata-se de uma decisão de muita responsabilidade e que não é estritamente de foro íntimo. "Essa decisão tem consequências importantes. De toda a forma, não é uma decisão de carreira, envolve o papel que a instituição representa para o Brasil", disse em entrevista coletiva após o evento de comemoração dos 45 anos do Banco Central.

FABIO GRANER, FERNANDO NAKAGAWA E CÉLIA FROUFE, Agencia Estado

31 de março de 2010 | 17h55

Ao ser questionado sobre o prazo de 24 horas que ele pediu ao presidente Lula ontem para anunciar sua decisão, Meirelles disse que "as 24 horas acabam à meia-noite". Ele afirmou que uma decisão será anunciada até amanhã.

Meirelles, que esteve hoje à tarde no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede provisória da Presidência da República, disse que não conversou com o presidente Lula sobre o assunto. "Estamos conversando com membros do governo", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesHenrique MeirellesBC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.