Meirelles diz que próximo empréstimo para o Rio será de R$ 1 bilhão

Meirelles diz que próximo empréstimo para o Rio será de R$ 1 bilhão

Operação, fechada no ano passado, será lastreada em royalties do petróleo; ministro disse que ainda não foram solicitados recursos adicionais no atual contexto de intervenção

Eduardo Rodrigues e Fernando Nakagawa, Broadcast

21 Fevereiro 2018 | 09h56

BRASÍLIA - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta quarta-feira, 21, que o próximo empréstimo em análise para o Estado do Rio de Janeiro é de R$ 1 bilhão. A operação será lastreada em royalties do petróleo. No fim do ano passado, o governo fluminense havia fechado um financiamento bancário no valor de R$ 2,9 bilhões com base em ações penhoradas da Cedae, companhia de saneamento básico do Rio. 

Apesar dessa operação ao governo fluminense que está em análise, o ministro comentou que ainda não foram solicitados recursos adicionais pelo Palácio da Guanabara no atual contexto de intervenção federal na segurança pública do Estado. Por enquanto, Meirelles comentou que cabe ao governo estadual continuar pagando a folha de pagamento das polícias fluminenses. A União está direcionando recursos do Orçamento das Forças Armadas para a operação militar no Rio de Janeiro. 

Meirelles fez os comentários sobre a situação no Rio ao chegar em um evento sobre financiamento estudantil na Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) em Brasília.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.