Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Meirelles falará na quinta-feira com agências de classificação de risco

O ministro da Fazenda quer evitar o rebaixamento da nota do País com o argumento de que é preciso esperar até fevereiro, quando a reforma da Previdência deve ser votada

Adriana Fernandes, O Estado de S.Paulo

18 Dezembro 2017 | 17h32

BRASÍLIA - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, terá conferências na próxima quinta-feira,21, com representantes das principais agências de classificação de risco para falar sobre a reforma da Previdência e as perspectivas econômicas de 2018. As conferências telefônicas serão feitas a partir das 11 horas. A informação é do Ministério da Fazenda.

Como mostrou mais cedo o Estadão/Broadcast, Meirelles já foi alertado do risco de um novo rebaixamento do rating do Brasil pelas agências internacionais de classificação de risco. O motivo é o adiamento da reforma da Previdência para 2018. Sem a reforma, aumentam as incertezas em relação à trajetória da relação entre a dívida pública e Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil.

+Agências veem risco à nota do País com adiamento da reforma da Previdência

Meirelles quer evitar o rebaixamento com o argumento de que é preciso esperar até fevereiro, a nova data de votação da versão da reforma marcada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.