Meirelles: Grécia é alerta para questão fiscal

Os problemas fiscais na Grécia, que deixaram os mercados muito tensos diante do temor de default, servem de alerta para o mundo todo, disse hoje o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles. Para ele, uma vez que as economias estejam em recuperação consistente, "todo o mundo terá que enfrentar a questão fiscal".

LUCIANA XAVIER, Agencia Estado

24 de abril de 2010 | 13h00

"Os problemas na Grécia importam na medida em que sinalizam os tipos de dificuldades fiscais que outros países poderão enfrentar, especialmente os do Mediterrâneo", afirmou Meirelles, durante entrevista na embaixada do Brasil, em Washington, pouco antes de seguir para a sede do Fundo Monetário Internacional (FMI) para reunião do G-20.

O primeiro-ministro grego, George Papandreou, anunciou ontem que "chegou o momento" de acionar o pacote de ajuda do FMI e União Europeia, sendo o primeiro país da zona do euro a receber ajuda do FMI.

Tudo o que sabemos sobre:
MeirellesGréciaquestão fiscal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.