Meirelles nega informação sobre saída do BC

Segundo a revista 'Carta Capital', Meirelles já teria comunicado ao presidente Lula que sairia 'em breve'

Da Redação,

16 de janeiro de 2009 | 18h32

O presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, negou enfaticamente nesta sexta-feira, 16,  que esteja deixando o cargo, conforme noticia a edição desta semana da revista Carta Capital em extensa reportagem de capa. 'Seria um absurdo num momento desses, em que a necessidade de foco e concentração total no BC são fundamentais para o País', disse Meirelles ao Estado. 'Toda a minha atividade tem sido contrária ao que foi veiculado', disse.   Segundo informa a revista, Meirelles já teria comunicado ao presidente Lula que sairia "em breve", para preparar sua candidatura ao governo de Goiás. "Uma futura candidatura em Goiás é uma possibilidade real, mas é coisa para se decidir no início de 2010", afirmou Meirelles de Miami (EUA), onde participa de reunião com investidores e empresas interessadas no Brasil, organizada pelo Conselho das Américas.   Um dos argumentos é que o esforço que o presidente do BC tem feito para convencer investidores estrangeiros das condições da economia brasileira em meio à crise mostra exatamente o contrário: o compromisso de Meirelles com o cargo. Desde a semana passada, o presidente do BC tem visitado vários países em diversas reuniões com investidores.   O tour começou em Miami, nos Estados Unidos, na sexta-feira passada. Depois, Meirelles passou por Basiléia, na Suíça - onde participou de reunião do Banco de Compensações Internacionais (BIS). Na quarta, esteve em Nova York e, no dia seguinte, cumpriu agenda em encontro de executivos em Cancún, no México. A agenda externa terminou apenas nesta sexta em Miami.     (Com Fernando Nakagawa, da Agência Estado)   Texto atualizado às 20 horas  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.