carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Meirelles: País se preparou para possível crise global

O ajuste realizado pela economia brasileira com base no tripé responsabilidade fiscal, câmbio flutuante e compromisso com as metas de inflação tem mostrado valor tanto em períodos positivos como em momentos desafiadores, como o atual. A afirmação é do presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles. "O Brasil não desperdiçou o período de bonança e se preparou para uma possível deterioração global", disse, durante evento na capital paulista.Meirelles destacou a melhora nos níveis de solvência da dívida brasileira, que, segundo ele, se encontram nos melhores patamares da história. Ele mencionou também a política de acumulação de reservas internacionais, que multiplicaram por 12 nos últimos anos. Segundo o presidente do BC, a economia brasileira interrompeu um mecanismo "perigoso" de vulnerabilidade. "Os ciclos viciosos (do País) fazem parte dos livros de história", afirmou.Como exemplo, Meirelles destacou que, hoje, quando há uma depreciação cambial, o impacto na dívida é negativo, ao contrário do passado. Ele também ressaltou que o motor da economia brasileira atualmente é a demanda doméstica, com o aumento do crédito, da renda e do emprego.Por outro lado, o presidente do BC ponderou que ainda existem canais abertos à vulnerabilidade externa. "Ninguém tem a ilusão de que o País estará ou está totalmente imune", afirmou.Sobre a crise que atinge a economia dos Estados Unidos, Meirelles observou que os efeitos ainda não são totalmente conhecidos, principalmente no que se refere à capacidade dos bancos norte-americanos de continuarem emprestando.O presidente do BC participou hoje da premiação "Qualidade em Bancos", realizada na sede da Bovespa.

VINÍCIUS PINHEIRO, Agencia Estado

18 de fevereiro de 2008 | 15h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.