Meirelles prevê ingresso estrangeiro de US$ 35 bi por ano

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, afirmou hoje que trabalha com um cenário de investimento estrangeiro direto (IED) no País da ordem de US$ 35 bilhões por ano. Ele não explicou a razão desse número, que é superior à projeção do próprio BC, de US$ 32 bilhões.Meirelles, que participa de audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, também previu um fluxo financeiro de dólares positivo este ano, mas o fluxo comercial ainda será significativamente superior, repetindo o padrão dos últimos anos. Meirelles destacou que as importações têm subido fortemente nos últimos tempos, refletindo a aceleração da demanda doméstica. Mas ele enfatizou o desempenho favorável das exportações, sobretudo no período de 2002 a 2007, em que as vendas dos produtos brasileiros cresceu 173% acima da média mundial.Meirelles afirmou ainda que as exportações brasileiras são diversificadas, tanto em termos de produtos como de mercados. Meirelles avaliou que o processo de enfraquecimento do dólar é mundial, e reflete questões estruturais da economia americana, como o elevado déficit em conta corrente dos EUA. Mas ressaltou que, quando se compara o real com o euro, há uma relativa estabilidade da taxa de câmbio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.