Memória digital

'Estado' coloca na internet a íntegra do seu acervo de 2,4 milhões de páginas publicadas desde 1875

23 de maio de 2012 | 19h00

SÃO PAULO - Desde que começou a circular, há 137 anos, inicialmente com o nome de A Província de São Paulo, o Estado viu o fim de um reinado e o começo da República, acompanhou as mudanças de seis constituições e participou do movimento pela abolição da escravatura.

O jornal noticiou duas guerras mundiais e milhares de outros conflitos bélicos pelo mundo. Narrou os primeiros jogos de futebol e cobriu 19 copas mundiais. No período republicano, viveu a ditadura do Estado Novo, a redemocratização, outra ditadura a partir de 1964 e a volta da democracia, em 1985.

No campo econômico, enfrentou e cobriu várias crises, planos de combate à inflação e viveu sob nove regimes de moedas diferentes.

Foram muitas as transformações em todos os campos do conhecimento humano refletidas no jornal: notícias que chegavam por telegramas hoje chegam pela internet, ilustrações foram substituídas por fotos em preto e branco e depois coloridas. Todo o processo produtivo da imprensa mudou. Mas um aspecto do Estado permanece: já na sua primeira edição, ao apresentar-se aos leitores no dia 4 de janeiro de 1875, o jornal afirmava-se como "um campo livre aos debates tão necessários para solução de problemas importantes que interessam ao seu desenvolvimento moral e material".

Desde o início, o jornal que a partir de 1890 passou a se chamar O Estado de S. Paulo colocou como prioridade a preocupação em influir no progresso do País e na educação do povo e ser útil à causa pública.

Essa prioridade está presente neste momento histórico em que o Estado oferece na internet a íntegra do seu acervo de 2,4 milhões de páginas digitalizadas. Poucos jornais no mundo apresentam um conjunto tão completo de informações sobre a história humana para oferecer aos seus leitores. O acervo digital do Estado pode ser acessado em acervo.estadao.com.br.

Leia as matérias do caderno especial Estadão Acervo.

Tudo o que sabemos sobre:
acervo-estadao

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.