finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Mercado abre nervoso; dólar sobe e bolsa cai

O mercado financeiro iniciou a terça-feira como terminou a segunda: nervoso com os desdobramentos da crise política. Os investidores estão atentos ao depoimento na CPI de Renilda Souza, mulher do empresário Marcos Valério, e também ao provável vazamento de informações sobre as contas de Valério no banco Rural, consideradas como "pura pólvora" pela relator Osmar Serraglio (PMDB-PR).O dólar abriu os negócios em forte alta de 1,67%, mas reduziu a valorização para 0,65%. A bolsa começou o dia em baixa de 0,32%. Ontem, a queda de 3,39% foi resultado de venda de investidores estrangeiros.O mercado de juros também abriu o dia nervoso, acompanhando comportamento da bolsa e do dólar. O juro do DI-janeiro/07, do contrato mais líquido, chegou a atingir a máxima de 18,40%, contra o fechamento ontem de 18,12%.

Agencia Estado,

26 de julho de 2005 | 10h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.