Mercado aposta em manutenção dos juros no Copom desta semana

Mesmo com a crise, Selic deve ser mantida em 14,25% ao ano na reunião do BC desta quarta-feira; economistas veem leve melhora da inflação em 2016, mas voltam a piorar as estimativas para o PIB

Reuters

29 Fevereiro 2016 | 10h41

SÃO PAULO - A pesquisa Focus do Banco Central, divulgada nesta segunda-feira, confirmou a expectativa de manutenção da taxa básica de juros nesta semana. O Comitê de Política Monetária (Copom) do BC deverá manter a Selic em 14,25% ao ano na reunião desta quarta-feira, de acordo com as projeções de mais de uma centena de economistas.

Apesar da forte recessão econômica, o BC tem deixado claro que não há espaço para cortar o juro diante do atual quadro inflacionário. Já para 2017 a projeção para a Selic foi ajustada a 12,50%, ante 12,63% na pesquisa anterior.

Mesmo pressionada, a perspectiva de inflação para 2016 teve um leve recuo na pesquisa Focus desta segunda-feira - após oito altas consecutivas. A estimativa para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) este ano caiu em 0,05 ponto porcentual, para 7,57%, mas permanece bem acima do teto da meta para este ano - que é de 4,5% com tolerância de 2 pontos.

Para 2017, a pesquisa segue mostrando projeção de inflação de 6%, exatamente no limite máximo estabelecido pelo governo, de 4,5%, com margem de 1,5 ponto porcentual para mais ou para menos.

Por sua vez, a projeção para o Produto Interno Bruto (PIB) de 2016 piorou. A mediana das estimativas agora é de contração de 3,45%, ante queda de 3,40% anteriormente. Para 2017, a previsão de crescimento permaneceu em 0,50%.

Mais conteúdo sobre:
Copom Focus Selic Banco Central inflação

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.