Mercado aposta na manutenção dos juros em 26,5%

Grande parte do mercado aposta que o Comitê de Política Monetária (Copom) vai anunciar nesta quarta-feira a manutenção da taxa básica de juros (Selic) em 26,5% ao ano, eliminando, porém, o chamado viés de alta, instrumento que permite ao Banco Central (BC) elevar a Selic a qualquer momento.Se os analistas estiverem certos e a Selic ficar inalterada, o Brasil pode chegar ao fim do mês de abril em 6º lugar no ranking que classifica as nações com maiores taxas de juros reais do mundo.De acordo com as estimativas de Fernando Pinto Ferreira, sócio-diretor da consultoria Global Invest, o País deve fechar o mês com juros reais de 3,9%, perdendo apenas para Turquia, Rússia, Polônia, Indonésia e Hong Kong."A menos que o Copom reduza os juros ou a inflação surpreenda negativamente, ultrapassando as estimativas do relatório Focus, de 0,90% para o IPCA de abril", destaca Ferreira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.