carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Mercado aumenta projeção do IPCA para o ano

As projeções do mercado financeiro para a inflação deste ano medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiram de 3,92% para 3,99% na pesquisa Focus divulgada ontem pelo Banco Central (BC). Com a quarta alta consecutiva, as estimativas feitas por um grupo de 100 analistas de mercado atingiram seu patamar mais elevado desde o início de fevereiro deste ano, quando estavam em 4,04%.Apesar da alta, a inflação projetada para o ano continua abaixo do centro da meta traçada pelo governo(4,5%). A pesquisa também mostra que o mercado espera um corte de 0,25 ponto porcentual na taxa de juros básica, a Selic, na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), marcada para outubro.O economista da LCA Consultores, Rafael Castro, acredita que as expectativas para o IPCA deste ano só começarão a se estabilizar a partir de meados deste mês. A principal razão para o aumento do pessimismo em relação ao comportamento da inflação é a alta inesperada dos preços dos alimentos. ''''A previsão é de que os alimentos terão neste ano um aumento de 10%.''''A mudança de cenário, segundo Castro, veio no rastro do aumento do uso do etanol como combustível. ''''O que estamos vendo é um fenômeno global. Em todos os países, tem havido alta dos preços de alimentos. Não é algo que esteja ocorrendo apenas no Brasil.''''

Gustavo Freire, O Estadao de S.Paulo

07 de setembro de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.