Mercado de flores e plantas fatura R$ 1 bi em SP

O valor do mercado de flores e plantas ornamentais em São Paulo, incluindo atacado exportação e varejo, atingiu R$ 1,05 bilhão no ano passado. O cálculo é dos pesquisadores Ikuyo Kiyuna, Roberto de Assumpção, Paulo José Coelho e Humberto Sebastião Alves, do Instituto de Economia Agrícola (IEA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo. O estudo foi elaborado a partir de dados relativos às receitas obtidas com a venda da produção do Censo Agropecuário 1995/96. Segundo os pesquisadores, o valor gerado pela produção paulista de flores e plantas ornamentais, incluindo grama, atingiu no ano passado R$ 235 milhões. O valor no atacado, considerando os três grandes centros de comercialização da produção (Veiling Holambra da Cooperativa Holambra I, Ceasa/Campinas e Ceagesp), entre outros canais, ficou em R$ 326 milhões. A exportação de plantas vivas e produtos de floricultura somou R$ 24 milhões. No total, o valor do atacado e da exportação atingiu R$ 350 milhões no ano passado, enquanto varejo foi estimado em R$ 700 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.