Mercado desaba após BC manter os juros

O mercado financeiro ignorou a pequena melhora no cenário externo - queda do petróleo e dados favoráveis do mercado de trabalho norte-americano - e desabou nesta quinta-feira. Os investidores reagiram mal à manutenção dos juros pelo Banco Central, que teria avalizado um cenário de crise e punido os otimistas. O dólar, o risco Brasil e os juros futuros dispararam e a bolsa caiu.A bolsa de São Paulo fechou o pregão em queda de 2,40%, para 18.240 pontos, com volume de R$ 929 milhões. O risco Brasil disparou 61 pontos, para 758 pontos-base. O dólar comercial fechou no maior valor desde 10 de abril de 2003, em alta de 2,49%, a R$ 3,212. O C-Bond encerrou em queda de 0,99%, cotado a US$ 0,873. Na BM&F, os juros futuros de janeiro, os mais negociados, terminaram em 17,80%, contra 17,05% da quarta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.