finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Mercado eleva levemente previsão de inflação em 2010

O mercado reduziu ligeiramente seu prognóstico para a inflação neste ano e aumentou levemente o cenário para o ano que vem, segundo relatório Focus divulgado nesta segunda-feira. A maioria das demais projeções para as principais variáveis econômicas ficou estável.

REUTERS

30 de novembro de 2009 | 08h58

A estimativa para a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deste ano passou de 4,26 por cento na semana anterior para 4,25 por cento. Para o ano que vem, o prognóstico passou de 4,43 para 4,45 por cento.

A meta de inflação de 2009 e de 2010 tem centro em 4,50 por cento e tolerância de 2 pontos percentuais para cima ou para baixo.

A perspectiva para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2009 foi revista para expansão de 0,20 por cento ante 0,21 por cento na semana passada, enquanto para 2010 permaneceu em 5 por cento.

Os cenários para a taxa Selic em 2009 e em 2010 ficaram estáveis, em 8,75 e 10,50 por cento, respectivamente.

Também ficaram estáveis as perspectivas para a taxa de câmbio, em 1,70 real no fim de 2009 e em 1,75 real no encerramento de 2010.

(Por Vanessa Stelzer)

Tudo o que sabemos sobre:
BACENFOCUS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.