Mercado ensaia recuperação

A notícia de que a agência de classificação Moody´s pode melhorar o rating do Brasil e o alívio dos temores diante da Argentina salvaram a manhã no mercado financeiro (veja mais informações no link abaixo). No início da tarde, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) operava com alta de 2,89%. O volume de negócios também foi expressivo - R$ 540 milhões.No mercado de juros, ainda há muita divergência em relação a um novo corte na taxa básica de juros - Selic. A alta nos índices de inflação prejudica a continuidade da redução das taxas de juros. Por outro lado, a notícia de que a Moody´s está revisando o rating da dívida externa brasileira, com possibilidade de elevação, favorece o otimismo em relação à decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), que deve acontecer no próximo dia 23.As notícias positivas também reverteram a tendência de alta do dólar registrada nos últimos dias. No início da tarde, a moeda norte-americana abriu cotada a R$ 1,8090. Uma queda de 0,22% em relação aos últimos negócios de ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.