Mercado espera poucas oscilações hoje

O mercado financeiro deve apresentar poucas oscilações nessa sexta-feira. Ontem, Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) deram ganho de causa aos trabalhadores que entraram na Justiça para reaver a correção monetária dos saldos das Contas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), em relação aos expurgos inflacionários dos planos Verão e Collor I. O Banco Central já tinha feito um cálculo que indicava que, se o governo perdesse em todos os planos, isso custaria ao FGTS cerca de R$ 53 bilhões. Com a derrota parcial, esse prejuízo deve ficar em R$ 38 bilhões. Diante disso, a expectativa é que a notícia não deve abalar o humor dos investidores hoje. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) abriu em alta de 0,30% e há pouco operava em alta de 1,10%. O dólar, que fechou estável ontem, está cotado a R$ 1,8220 na ponta de venda dos negócios - uma queda de 0,11% em relação aos últimos negócios da quinta-feira. Os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - pagam juros de 16,980% no início da manhã, frente a 17,040% ao ano registrados ontem.Mercado internacionalNo cenário internacional, o mercado financeiro abriu o dia com a divulgação de números sobre a economia norte-americana. A taxa de desemprego de agosto ficou em 4,1%. A expectativa era de 4%. Em relação ao número de vagas criadas, foi registrado um recuo de 105 mil. Trata-se da maior baixa em nove anos, o que indica a desaceleração da economia dos EUA.A notícia é positiva para o mercado de ações nos Estados Unidos. Isso porque o banco central norte-americano (FED) pode reduzir a tendência de alta nos juros norte-americanos, o que beneficia o investimento em ações, já que as aplicações em juros devem ficar acomodadas nos níveis atuais.No Brasil, o mercado acionário é afetado positivamente por esse cenário. Mas, para que realmente comece a demonstrar números melhores, os juros precisam cair mais um pouco e o volume de recursos também precisa aumentar. Hoje, a expectativa é de uma movimentação maior na Bovespa, devido à entrada da nova carteira do Ibovespa - Índice que mede a valorização das ações mais negociadas na Bolsa. Veja na seqüência mais informações sobre a nova carteira do Ibovespa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.