Mercado europeu de ações avança após medidas de banco centrais

A maioria das bolsas de valores européiasfechou em alta nesta quarta-feira, reagindo ao anúncio doFederal Reserve, junto com outros bancos centrais da Europa, demedidas para aliviar o aperto nas condições dos mercados decrédito. O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais açõesdas empresas européias, subiu 0,39 por cento, para 1.546pontos. As ações do setor de energia estiveram entre os destaquesem meio à alta de 2 por cento dos preços do petróleo. A Totalsubiu 0,9 por cento, e a Royal Dutch Shell avançou 1,35 porcento. O Fed afirmou que vai preparar um instrumento temporário definanciamento de curto prazo, ao mesmo tempo em que o Banco daInglaterra, o Banco Central Europeu (BCE), o Banco do Canadá eo Banco Nacional da Suíça tomam medidas para aliviar as tensõesno mercado de crédito. "Parte do desapontamento de ontem veio do fato de que haviaa preocupação de que o Fed não estava fazendo o suficiente. Maso anúncio de hoje é o sinal de que o Fed está fazendo algoespecificamente para lidar com a maior preocupação do mercado:o aperto no crédito", disse Kate Warne, estrategista da EdwardJones, em St. Louis. Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,35por cento, a 6.559 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 0,83 por cento, para8.076 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 subiu 0,32 por cento, para 5.743pontos. Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou com oscilação positivade 0,03 por cento, a 30.138 pontos. Na contramão, em MADRI, o índice Ibex-35 registrou queda de0,19 por cento, para 15.860 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 teve desvalorização de 0,24 porcento, para 13.061 pontos. (Reportagem de Blaise Robinson)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.