Mercado externo não afetará preço do petróleo, diz Petrobras

O presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli, disse, nesta quarta-feira, que quando o Brasil atingir a auto-suficiência na produção de petróleo, a estatal não será obrigada a reajustar os preços conforme as oscilações do preço do produto no mercado internacional. "Não seremos um grande exportador de petróleo, por isso não dependeremos dele para gerar divisas", comentou. Gabrielli disse ainda que a Petrobras responde por 7% das exportações brasileiras, com a venda de petróleo e seus derivados no exterior. "Portanto, são 7% que serão inelásticos à taxa de câmbio", afirmou. Gabrielli fez estas afirmações durante sua intervenção na abertura do seminário "Agenda Nacional de Desenvolvimento", promovido pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social. O evento é realizado no Hotel Nacional, em Brasília.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.