finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Mercado filipino sobe influenciado por Wall Street

Os investidores da bolsa filipina colocaram de lado hoje as preocupações com a política, economia e segurança do país e decidiram apostar na compra de blue chips, seguindo a alta de Nova York (Dow Jones: +0,87%; Nasdaq: +1,63%). O mercado encerrou o dia em alta de 3,20%. O Nikkei 225, de Tóquio, avançou 2,23% estimulado pelo resultado em Wall Street e pelo estudo da Morgan Stanley indicando o aumento dos investimentos em ações de empresas japonesas. O índice Kospi, da bolsa sul-coreana, subiu 0,95%, liderado pela procura por papéis de alta tecnologia. Já Taiwan abriu em alta, mas encerrou o dia em queda de 0,81%. Os investidores venderam suas ações em antecipação ao aniversário dos ataques terroristas de 11 de setembro e a um feriado chinês que no passado costumava coincidir com reversões no mercado. Às 4h40 (horário de Brasília), as demais bolsas do sudeste asiático registravam: Hong Kong: +0,08%; Indonésia: -0,09%; Malásia: -0,87%; Tailândia: +0,32% e Cingapura: -0,88%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.