Mercado foca as próximas perfurações da Petrobras

Com a nova descoberta da Petrobras em Jupiter - que vem confirmar o elevado potencial da camada pré-sal da Bacia de Santos - o mercado está agora focado nas próximas perfurações da estatal na região, avalia o analista do setor, Emerson Leite, do banco Credit Suisse, em relatório divulgado hoje sobre o novo achado da Petrobras.Ele lembra em seu relatório que a estatal está no momento perfurando um poço no bloco BM-S-10, outros dois na área de Tupi (BM-S-11) e um em Carioca (BM-S-9). Estes três, além do BM-S-8, devem ter seu prazo de concessão expirado em setembro, junto à ANP, e por isso exigem um maior detalhamento da estatal sobre a possibilidade de declaração de comercialidade das áreas, ou mesmo a requisição de uma prorrogação deste prazo. Ainda segundo o analista, a Petrobras prevê a perfuração de 32 poços até o primeiro trimestre de 2009, abaixo da camada pré-sal, nas bacias de Santos, Espírito Santo e Campos.Mais especificamente em Santos, onde a estatal encontrou as megareservas de Tupi e agora Jupiter, deverão ser perfurados sete poços no mesmo período, além dos que a Exxon (operadora do bloco BM-S-22) planeja para este ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.