Mercado ignora boas notícias; bolsa e dólar caem

As boas notícias do dia - emissão de US$ 750 milhões em títulos, queda de petróleo e as votações no Congresso - não animaram o mercado financeiro brasileiro neste quarta-feira. A bolsa operou com pouco liquidez e fechou em ligeira queda de 0,08%, para 21.171 pontos, com volume negociado de R$ 1,040 bilhão. Em Nova York, o índice Dow Jones fechou em alta de 0,21% e o Nasdaq subiu 0,13%.O mercado cambial reagiu com discreta queda ao anúncio da captação, assim como às aprovações pelo Senado da Lei de Falências e da reforma do Judiciário. O dólar fechou em baixa de 0,43%, a R$ 3,035. No mercado da dívida, o C-Bond caiu 0,40%, para 92,813 centavos por dólar, e o risco Brasil subia 8 pontos, para 630 pontos base, um pouco antes do fechamento.No mercado de juros, dois índices de inflação já divulgados esta semana não aumentaram a apreensão quanto à aceleração dos preços. Com isso, o mercado futuro de juros ficou praticamente estável nesta quarta-feira. Na BM&F, os DIs de janeiro encerraram em 16,33%, contra 16,34% na terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.