Juros

E-Investidor: Esperado, novo corte da Selic deve acelerar troca da renda fixa por variável

Mercado já espera apenas 0,01%

O mercado financeiro reduziu a praticamente zero as estimativas para o crescimento econômico do País este ano. Na pesquisa semanal Focus, realizada pelo Banco Central com mais de uma centena de bancos e corretoras, a média das projeções para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) caiu a 0,01% este ano. Na semana passada, a estimativa era de 0,59%. O mercado também projeta desempenho negativo para a produção industrial, que deverá cair 2% este ano. Na semana passada, a aposta era de um recuo de 1,5%. É a quinta semana seguida de queda. Para 2010, a previsão é de recuperação do PIB, com alta de 3,5% e expansão de 4% na produção industrial.A desaceleração da economia reforçou a expectativa de que a inflação ficará controlada este ano. As projeções para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2009 caíram de 4,52% na semana passada para 4,42%. Para 2010, o mercado manteve a previsão em 4,5% pela 42ª semana consecutiva. A inflação comportada deverá refletir-se também numa taxa de juros mais baixa no fim deste ano. As projeções do mercado para a Selic caíram de 9,75% ao ano para 9,25%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.