Mercado opera com tranqüilidade

Apesar da tranqüilidade registrada durante a manhã no mercado financeiro, as avaliações dos analistas sobre os cenários nacional e internacional não mudaram. Na hora de tomar posições, eles consideram que o cenário interno é positivo, com o controle das taxas de inflação e taxas de juros estáveis. Porém, o cenário externo, que é negativo em função das incertezas em relação ao preço do petróleo, Argentina e desaceleração da economia norte-americana, ainda predomina. O dólar segue cotado a R$ 1,9180 na ponta de venda dos negócios - alta 0,05% em relação aos últimos negócios de sexta-feira. De acordo com operadores, a estabilidade verificada hoje no mercado de câmbio deve-se, principalmente, ao anúncio do aumento da produção de petróleo (veja mais informações no link abaixo). A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera em queda de 0,81%. Os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - pagam juros de 17,920% ao ano, frente a 17,890% ao ano registrados na sexta-feira. Em Nova York, o Dow Jones - Índice que mede as ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - registra alta de 1,69%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - acumula queda de 2,32%.

Agencia Estado,

30 de outubro de 2000 | 14h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.