seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Mercado piora projeções de inflação e juros

As projeções do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para este ano, colhidas em pesquisa semanal feita pelo Banco Central (BC), voltaram a subir e saltaram de 5,46% para os 5,5% do teto da meta de inflação. A variação, divulgada hoje, ocorreu numa semana marcada por um aumento da tensão eleitoral com a divulgação de denúncias contra o ex-diretor do Banco do Brasil (BB) Ricardo Sérgio e com o crescimento da percepção de risco dos fundamentos da economia brasileira.A nova projeção tinha como parâmetro uma previsão para a taxa de câmbio, ao fim deste ano, de R$ 2,50 - e hoje mesmo as cotações de mercado já ultrapassaram este limite. As estimativas de câmbio para o fim de 2003 aumentaram de R$ 2,60 para R$ 2,65.A previsão de inflação no teto da meta foi balizada por uma projeção de taxa de juros de 17% ao fim deste ano, ao contrário dos 16,6% do levantamento anterior, quando o mercado ainda trabalhava com hipótese de o IPCA fechar 2002 em 5,46%.O mercado alterou também as estimativas de superávit primário do setor público em 2003 de 3,20% para 3,05% do PIB. As estimativas de superávit primário para este ano continuaram em 3,5% do PIB, apesar das perspectivas negativas criadas pelo adiamento da votação da emenda que prorroga a cobrança da CPMF.A pesquisa detectou ainda uma revisão para baixo das estimativas de superávit da balança comercial em 2002 e 2003 para US$ 4,18 bilhões e US$ 4,9 bilhões, enquanto as previsões de déficit em conta corrente aumentaram para US$ 20,5 bilhões neste ano e US$ 20,2 bilhões no próximo ano.O mercado manteve a aposta numa taxa de crescimento da economia neste ano de 2,4% apesar dos dados negativos sobre o nível de produtividade da indústria divulgados pelo IBGE na semana passada. A estimativas de expansão econômica para 2003 também permaneceram nos mesmos 3,5% da pesquisa feita entre os dias 29 de abril e 3 de maio.As projeções de fluxo para o investimento direto estrangeiro também não sofreram alterações e continuaram em US$ 17,8 bilhões para 2002 e em US$ 18 bilhões para o próximo ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.