Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Mercado prevê alta do IPCA e reduz projeção do PIB

O mercado financeiro elevou as previsões do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para este ano, ao mesmo tempo em que reduziu as projeções para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2007 e também de 2008. O mercado também espera uma redução de 0,25 ponto porcentual da taxa Selic (juro básico da economia brasileira) em outubro. As informações constam do boletim semanal Focus, divulgado hoje pelo Banco Central.As projeções do mercado para o IPCA deste ano subiram de 3,99% para 4,01%. Trata-se da quinta elevação consecutiva dessas previsões, que estavam em 3,77% há quatro semanas. Para o mês de setembro, as previsões de IPCA foram elevadas de 0,29% para 0,30%. Para 2008, as projeções de IPCA estão em 4%.PIBEm relação ao Produto Interno Bruto (PIB), o mercado reduziu de 4,71% para 4,70% a previsão para o crescimento deste ano. Com isso, a projeção para o PIB interrompeu uma seqüência de seis semanas de altas. Para 2008, a previsão de crescimento caiu de 4,40% para 4,33%.JurosAs projeções do mercado financeiro para a taxa de juros Selic em outubro ficaram estáveis em 11% ao ano na pesquisa desta semana. O porcentual embute uma expectativa de que o Comitê de Política Monetária (Copom) voltará a cortar os juros em 0,25 ponto porcentual na reunião dos dias 16 e 17 de outubro.Para o fim do ano, as previsões de mercado para a taxa de juros seguiram inalteradas em 11%. O porcentual estimado embute uma previsão de que o Copom fará a última redução da taxa Selic na reunião de outubro e, a partir daí, suspenderá o ciclo de alívio monetário. Para o final de 2008, as previsões de juros ficaram estáveis em 10% ao ano.CâmbioAs projeções do mercado para o valor do dólar no final de 2007 mantiveram-se estáveis em 1,90. Já para o final de 2008, o mercado projeta em R$ 1,95 o valor da moeda norte-americana.Superávit ComercialA previsão para o superávit comercial em 2007 caiu de US$ 42,30 bilhões para US$ 42 bilhões. Para o ano que vem, a previsão de superávit comercial 2008 foi reduzida de US$ 36,10 bilhões para US$ 35,65 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.