Mercado prevê inflação mais alta pelos IGPs em 2012

As projeções para os índices gerais de preços (IGPs) em 2012 voltaram a subir na pesquisa Focus realizada pelo Banco Central. No levantamento divulgado nesta segunda-feira, a aposta para o Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) neste ano avançou de 7,00% para 7,05%, quinta elevação seguida.

EDUARDO CUCOLO, Agencia Estado

30 de julho de 2012 | 09h23

Para o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), que corrige a maioria dos contratos de aluguel, a expectativa subiu de 6,43% para 6,57%. Quatro semanas atrás, o mercado previa altas de 5,94% para o IGP-DI e de 5,87% para o IGP-M.

Para 2013, porém, as previsões não foram alteradas. A estimativa de alta para os dois indicadores seguiu em 5,00%. Há quatro semanas, o mercado esperava taxa de 4,90% para o IGP-DI e de 5,00% para o IGP-M.

A pesquisa também mostrou que a previsão para o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) em 2012 passou de 4,51% para 4,52%. Há um mês, a expectativa dos analistas era de alta de 4,54% para o índice que mede a inflação ao consumidor em São Paulo. Para 2013, a mediana das estimativas para o IPC da Fipe caiu de 4,85% para 4,83%, abaixo dos 4,96% projetados há quatro semanas.

Economistas mantiveram ainda a estimativa para o aumento do conjunto dos preços administrados - as tarifas públicas - em 3,50% para 2012, mesmo valor verificado há quatro semanas, e em 4,45% para 2013, ante 4,50% há um mês.

Tudo o que sabemos sobre:
FocusBC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.