Mercado prevê mais inflação e juros maiores em 2014

Projeção para a inflação medida pelo IPCA passou de 6,11% para 6,28%; para a Selic, expectativa é de uma taxa de 11,25% ao fim do ano

Agência Estado e Reuters,

24 de março de 2014 | 08h50

BRASÍLIA - Economistas de instituições financeiras elevaram a perspectiva para a taxa básica de juros da economia, a Selic, em 2014 a 11,25%, ante 11% na semana anterior - atualmente, a taxa está em 10,75% ao ano. Ao mesmo tempo, os analistas projetam mais inflação neste ano, de acordo com a pesquisa Focus, do Banco Central, publicada nesta segunda-feira, 24.

A projeção para a inflação medida pelo IPCA em 2014 saltou de 6,11% para 6,28%. Há quatro semanas, a estimativa também estava em 6,00%. Para 2015, a projeção subiu de 5,70% para 5,80%, segundo a expectativa do mercado.

A previsão de inflação para os próximos 12 meses à frente aumentou de 6,12% para 6,20% pela segunda semana seguida, conforme a projeção suavizada para o IPCA. Há quatro semanas, estava em 6,11%.

Nas estimativas do grupo dos analistas consultados que mais acertam as projeções, o chamado Top 5 da pesquisa Focus, a previsão para o IPCA em 2014 no cenário de médio prazo aumentou de 5,99% para 6,57%.

Para 2015, a previsão dos cinco analistas subiu de 5,78% para 6,00%. Há quatro semanas, o grupo apostava em altas de 5,89% para 2014 e 5,80% para 2015. Entre todos os analistas ouvidos pelo BC, a mediana das estimativas para o IPCA de março passou de 0,62% para 0,83%. Há quatro semanas, estava em 0,54%. Para abril, a projeção subiu de 0,56% para 0,60%.

Tudo o que sabemos sobre:
inflacaobcselicjuros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.