Mercado reage bem ao depoimento de Jefferson

O depoimento do presidente do PTB, deputado Roberto Jefferson, na Comissão de Ética da Camara, foi bem recebido pelo mercado financeiro.No início houve nervosismo. A bolsa operava em queda e o dólar, em alta. No entanto, no decorrer da defesa do parlamentar, os investidores ficaram mais tranqüilos diante da falta de dados novos.Jefferson praticamente repetiu às denúncias que fez em duas entrevistas ao jornal Folha de S. Paulo e em conversas com companheiros do partido.No final do depoimento, a bolsa de São Paulo subia 1,94%. O dólar estava praticamente estável. Os juros futuros para janeiro de 2007 encerraram em 17,67% ao ano, contra 17,77% de segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.