Mercado superestima recuperação financeira, diz Draghi

As condições dos mercados financeiros melhoraram nos últimos meses, auxiliadas pelo processo de recuperação da economia, mas os investidores podem estar superestimando o grau dessa melhora, de acordo com o presidente do Conselho de Estabilidade Financeira (FSB, em inglês), Mario Draghi.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

09 Janeiro 2010 | 18h33

"A situação geral é bem melhor do que poderíamos esperar há um ano, mas ao mesmo tempo não é tão boa quanto o mercado pensa", afirmou Draghi. O FSB, que faz parte do Banco de Compensações Internacionais (BIS, em inglês), inclui autoridades de bancos centrais e agências reguladoras de diversos países.

Após o colapso das grandes instituições financeiras em 2008 e de uma rápida e acentuada redução na liquidez disponível para os bancos, os líderes das 20 maiores economias mundiais encarregaram o FSB de monitorar o progresso do fortalecimento da regulação do sistema financeiro.

Como a confiança dos mercados e o apetite por risco estão crescendo rapidamente, há o receio crescente de que os credores e investidores possam retornar aos velhos hábitos, apostando em ativos excessivamente arriscados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.