Mercado taiwanês fecha em queda de 6,68%

A Bolsa de Valores de Taiwan abriu em queda e manteve-se em território negativo durante todo o pregão desta segunda-feira. O principal índice da Taipé encerrou o dia com retração de 6,68%. A vitória do presidente Chen Shui-Bian nas eleições de sábado por apenas 30 mil votos de diferença fez com que membros da oposição saíssem às ruas para protestar. Eles exigem a recontagem dos votos. Além das irregularidades na contagem dos votos, os oposicionistas desconfiam do atentado sofrido pelo presidente na sexta-feira, alegando que foi um golpe para angariar votos para Chen. Seul também caiu, influenciado pelo desempenho taiwanês. O índice Kospi fechou em baixa de 2,22%, com forte programa de vendas. O Nikkei 225 sofreu retração de 0,88%, com a venda de papéis de tecnologia, estimulado pela queda dos principais índices de Nova York na sexta-feira (Dow Jones: -1,06%; Nasdaq: -1,12%). O mercado filipino sofreu retração de 1,32%, com a decisão dos investidores de se desfazerem de seus papéis e com a desvalorização da moeda local. Não houve negociações na Indonésia por ser feriado nacional. As demais bolsas do sudeste asiático registravam: Hong Kong: -1,83%; Malásia: +0,50%; Tailândia: +0,14% e Cingapura: -1,47%.

Agencia Estado,

22 Março 2004 | 07h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.