Mercado tem dia positivo: bolsa sobe e dólar cai

Em meio à expectativa da renúncia do ministro José Dirceu, confirmada depois do fechamento dos negócios, o mercado teve um dia positivo nesta sexta-feira. A Bolsa de Valores de São Paulo subiu, as taxas de juros recuaram e o dólar fechou na cotação mínima do dia. O mercado também refletiu a decisão de quarta-feira do Copom, a edição da MP do Bem e rumores de que a avaliação da dívida brasileira seria elevada.A alta do índice Ibovespa foi de 1,06%, com 25.750 pontos. O dólar comercial fechou na cotação mínima do dia, de R$ 2,406, em baixa de 1,19%. A demissão de Dirceu já vinha sendo cogitada há dias pelo mercado e, na opinião dos profissionais, é considerada uma boa notícia. "O principal foco da crise está sendo afastado, e isso dá fôlego ao governo, é uma notícia positiva", afirma um operador.Ao longo do dia, o mercado operou sob uma boataria, mas desta vez, considerada do bem. Além dos comentários de que Dirceu inauguraria a reforma ministerial - , circulou o rumor de que o Brasil receberia um upgrade por uma agência de classificação de risco. Esse ambiente, combinado com a notícia da manutenção da taxa Selic pelo Copom, permitiu que o mercado retornasse ao campo positivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.