Mercado vê crescimento de 4,5% e Selic a 9,5% em 2010

O mercado financeiro melhorou seu cenário para a economia no ano que vem e elevou as previsões para a inflação e a Selic, segundo relatório Focus divulgado nesta segunda-feira. As estimativas para 2009 tiveram poucas alterações.

REUTERS

28 de setembro de 2009 | 09h55

A previsão para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2009 foi mantida em estabilidade, enquanto para 2010 foi elevada de crescimento de 4,20 por cento na semana passada para 4,50 por cento.

Para a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deste ano, o mercado prevê taxa de 4,30 por cento, ante 4,31 por cento na semana anterior. O prognóstico para a inflação no ano que vem subiu para 4,40 por cento, ante 4,30 por cento.

Os dois números do IPCA estão abaixo do centro da meta do governo, de 4,50 por cento.

A estimativa para a taxa Selic no fim deste ano permaneceu em 8,75 por cento. Para o fim 2010, foi elevada de 9,25 para 9,50 por cento.

Para a taxa de câmbio no fim de 2009 e de 2010 o cenário continuou apontando 1,80 real.

(Por Vanessa Stelzer)

Tudo o que sabemos sobre:
BACENFOCUS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.