Mercado vira: Bolsa recua e dólar sobe

Atentos ao cenário externo, os mercados buscam referências mais concretas que dêem uma definição para os rumos dos negócios. O dólar comercial passou grande parte do dia em queda, mas este movimento já se alterou e às 14h45, a moeda norte-americana era vendida a R$ 2,4320, em alta de 0,29% em relação aos últimos negócios de ontem. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que operava no terreno positivo enquanto o dólar estava em queda, acompanhou a mudança. Há pouco, o Ibovespa - índice que mede a valorização das ações mais negociadas na Bovespa - apresentava baixa de 1,86%. Os contratos de swap (troca) de títulos prefixados por pós-fixados com período de um ano pagam juros de 20,22% ao ano, frente a 20,24% ao ano.No Brasil, a balança comercial é um dos fatores mais relevantes. Alguns analistas temem que a crise da Argentina e o desaquecimento da economia norte-americana derrubem as estimativas otimistas da balança que vinham sendo feitas desde o final do ano passado. Esperava-se que, em 2002, o saldo da balança comercial ficasse positivo em US$ 5 bilhões. Alguns analistas não abandonam o otimismo e argumentam que janeiro não é um mês favorável às exportações.Mercados internacionaisNo cenário externo, a Argentina segue como destaque, mas não faz parte das conversas do dia-a-dia nas mesas. Por enquanto, o mercado aguarda as definições do novo pacote econômico do país prometido para sábado e as definições do Fundo Monetário Internacional (FMI) sobre ajuda financeira. Os Estados Unidos também continuam em cena. Começa hoje a reunião do Banco Central norte-americano (Fed) que vai reavaliar a taxa de juros no país. Atualmente, a taxa está em 1,75% ao ano. O índice Merval da Bolsa de Valores de Buenos Aires está em alta de 4,00%. Nos Estados Unidos, o Dow Jones - Índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - opera com queda de 1,36%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - registra baixa de 1,64%. Não deixe de ver no link abaixo a perspectiva dos analistas para a semana no mercado financeiro e as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

Agencia Estado,

29 de janeiro de 2002 | 15h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.