Mercado virou à tarde e ficou pessimista

Apesar do otimismo dos mercados pela manhã e das altas nas bolsas norte-americanas, o mercado virou, com queda na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) e alta nos juros e no dólar. Além disso, expansão da produtividade nos EUA, de 2,2%, no quarto trimestre do ano passado ficou acima do esperado pelos analistas. Ontem já havia sido divulgado o índice de atividade não-industrial, que ficou acima do esperado, gerando reação positiva hoje nos mercados norte-americanos. A Bovespa fechou em queda de 1,29%. Os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - fecharam o dia pagando juros de 16,210% ao ano, frente a 16,170% ao ano ontem. O dólar fechou em R$ 2,0340, com alta de 0,54%.Nos Estados Unidos, o Dow Jones - Índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - fechou em alta de 0,27%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - fechou em alta de 2,87%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.