Mercados abrem ligeiramente otimistas

Os mercados abrem hoje novamente com volume de negócios reduzido e tendência de poucas oscilações, devido aos feriados de final de ano. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que não funcionará na segunda-feira, manteve a tendência de alta dos últimos dias na abertura, animada pelo relatório de inflação do Banco Central (BC), divulgado há pouco. Os demais mercados acompanharam o otimismo. Nas simulações da autoridade monetária, a indicação é de uma tendência de queda da inflação, com maior folga para queda dos juros em 2003. As maiores incertezas para a evolução dos índices são os preços administrados e os efeitos de eventuais surpresas no cenário externo sobre o câmbio. O BC reiterou a avaliação da economia já expressa em outras ocasiões, inclusive na ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), conhecida ontem. Ainda assim, último relatório do ano afirma que o cenário econômico melhorou desde a última reunião do Copom, há pouco mais de uma semana, referindo-se ao comportamento do mercado frente à crise argentina. Para os mercados, a ordem continua sendo de um certo otimismo, mas com muita moderação, já que o crescimento econômico será modesto e as quedas nos juros, lentas, se tudo der certo. O governo evita o assunto, mas ainda há a sucessão presidencial e a rolagem de títulos cambiais, que têm seus vencimentos fortemente concentrados no primeiro semestre. Abertura dos mercados Às 11h15, o dólar comercial para venda estava cotado em R$ 2,3240, com queda de 0,34%. Os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano -pagavam juros de 19,620% ao ano, frente a 19,508% ao ano ontem. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) operava em alta de 1,32%. A Bolsa de Valores de Buenos Aires continua fechada e os mercados norte-americanos ainda não abriram. Não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

Agencia Estado,

28 Dezembro 2001 | 11h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.