finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Mercados aguardam números nos EUA

O mercado financeiro no Brasil continua atento ao cenário externo. Os investidores esperam por novos sinais dos Estados Unidos que possam indicar qual a intensidade do desaquecimento econômico do país. Hoje, saem balanços de empresas importantes, como Motorola e o portal Yahoo!, mas somente após o fechamento dos pregões de Nova York. O indicador de estoques (+0,4%) e vendas (estáveis) no atacado, divulgado no final da manhã, não teve impacto no mercado. Os números mais importantes, porém, são os índices de preços ao produtor e ao consumidor, previstos somente para o final desta semana e início da próxima.No início da tarde, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera em leve alta de 0,07%. O dólar comercial está cotado a R$ 1,9440 na ponta de venda dos negócios - estável em relação aos últimos negócios de ontem. Os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - pagam juros de 16,100% ao ano, frente a 16,070% ao ano registrados ontem. Em Nova York, o Dow Jones - Índice que mede as ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - opera em queda de 0,17%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - registra alta de 2,80%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.