Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Mercados aguardam renúncia de ACM

Mesmo com a expectativa de que o Senador Antônio Carlos Magalhães não fará ataques diretos ao presidente Fernando Henrique Cardoso, os investidores optaram por aumentar o volume de dólares em carteira. Com isso, a cotação do dólar passou a manhã em alta e há pouco estava em R$ 2,3640 - alta de 0,72% em relação aos últimos negócios de ontem. Os analistas mantêm a aposta de que o senador baiano fará um discurso duro, mas que pode limitar-se a relembrar fatos desconfortáveis para o governo, porém, conhecidos. O próprio governo, porém, teme o que pode vir pela frente. "Espero que ele (ACM) compreenda o momento que estamos vivendo e contenha as mágoas", afirmou o ministro Pimenta da Veiga nesta manhã.Dependendo dos desdobramentos do discurso de ACM hoje, o dólar pode ceder ou subir ainda mais. Contudo, analistas observam que o cenário conjuntural, agravado pelo impacto do racionamento de energia na economia e na popularidade do governo, continua gerando preocupação. Uma redução maior da pressão no câmbio depende, ainda, de uma estabilização da Argentina. No início da tarde, para aliviar a procura por dólares, o Banco Central ofereceu aos investidores um lote de 800 mil títulos cambiais com data de emissão em 1º de junho de 2001 e vencimento em 18 de abril de 2002. As taxas negociadas ficaram dentro do esperado pelo mercado financeiro A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera com queda de 0,43%. Os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - pagam juros de 22,380% ao ano, frente a 22,300% ao ano ontem.O índice Merval da Bolsa de Valores de Buenos Aires registra queda de 0,66%. Nos Estados Unidos, o Dow Jones - Índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - registra queda de 1,44%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - está em forte queda de 4,42%.InvestimentosNão deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

Agencia Estado,

30 de maio de 2001 | 15h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.