Mercados ajustam-se à nova Selic

O mercado de juros passou a primeira parte do dia tentando ajustar-se à redução da taxa básica de juros - Selic. O dólar está cotado a R$ 1,9530 na ponta de venda dos negócios - queda de 0,41% em relação aos últimos negócios de ontem. Os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - pagam juros de 16,880% ao ano, frente a 17,190% ao ano registrados ontem. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) não conseguiu absorver o otimismo com a queda da Selic. A oscilação da Nasdaq - bolsa dos Estados Unidos que negocia papéis do setor de tecnologia e Internet - não permitiu uma recuperação dos negócios no mercado de ações. Mas há pouco a Bovespa já apresentava certa recuperação e operava em alta de 2,22%. Antes da abertura da bolsa eletrônica dos EUA, a Bovespa operava em alta. Com o anúncio da companhia Lucent de queda na previsão de lucros, a Nasdaq reagiu de forma negativa e influenciou a Bovespa. Mas, já no início da tarde, a bolsa norte-americana registrava alta de 3,43%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.