coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Mercados: alívio com NY, mas cautela permanece

O cenário político continua guiando o humor dos investidores. Durante a manhã, o repórter André Palhano informou que rumores sobre a pesquisa do Instituto Vox Populi, cujo resultado deve ser divulgado hoje ou amanhã, contribuíram, desta vez, para o bom desempenho dos mercados. Isso porque o pré-candidato pelo PSDB José Serra permanece em segundo lugar, na frente do presidenciável pelo PSB Anthony Garotinho. Por outro lado, o pré-candidato pelo PT Luís Inácio Lula da Silva teria conquistado ainda mais votos e estaria com 41% das preferências. Amanhã também está prevista a divulgação da pesquisa Datafolha, cujas entrevistas estão sendo realizadas hoje. Analistas alertam que, até as eleições de outubro, o mercado vai viver este clima de incertezas, em que os boatos acabam provocando fortes oscilações.Os investidores também gostaram da decisão do senador Bernardo Cabral (PFL) de antecipar em uma semana, para o dia 22, a apresentação de seu relatório sobre a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que prorroga a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) até 2004. Devido ao atraso na votação da emenda, a CPMF não será cobrada a partir do dia 17 de junho e, a partir daí, a Receita Federal deixará de arrecadar semanalmente uma quantia em torno de R$ 400 milhões.Às 14h53, o dólar comercial estava cotado a R$ 2,5050, em queda de 0,63% em relação aos últimos negócios de ontem. No mercado de juros, os contratos de DI futuro com vencimento em janeiro negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) pagam taxas de 19,140% ao ano, frente a 19,240% ao ano registrados ontem. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) está em alta de 2,32%.Mercado norte-americanoO bom desempenho das bolsas em Nova York contribuiu para a melhora dos mercados. Lá, o resultado das vendas no varejo surpreendeu os investidores. As vendas cresceram 1,2% ante uma expectativa conservadora de 0,7%. Esse aumento nas vendas sinaliza que os consumidores estão mais confiantes na revitalização da economia. O mercado norte-americano também foi brindado com um resultado melhor do que o previsto da Wal-Mart e com a elevação de recomendação para as ações da Intel. Há pouco, o Dow Jones - Índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - estava em alta de 1,28%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - operava com valorização de 3,11%.Não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.