Mercados: analistas atentos à tendência de juros

Os investidores começam a avaliar a possibilidade de corte da taxa básica de juros - Selic - na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que será realizada nos dias 13 e 14 de fevereiro. A taxa está hoje em 15,25% ao ano e as opiniões divergem entre uma possível redução de 0,25 ponto porcentual e a manutenção dos juros no patamar atual. Mas, no longo prazo, a perspectiva dos investidores é que as taxas de juros continuem com tendência de queda. No início da tarde, os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - pagam juros de 15,800% ao ano, estáveis em relação ao fechamento de ontem. O dólar comercial está cotado a R$ 1,9860 na ponta de venda dos negócios - queda de 0,25% em relação aos últimos negócios de ontem. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) está em queda de 1,01%. Já o Dow Jones - índice que mede as ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - opera em queda de 0,51%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - registra queda de 2,98%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.