Mercados animados com balança comercial

Os mercados brasileiros deixaram um pouco de lado as preocupações com o cenário internacional e operaram bastante otimistas. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em alta de 3,3%, dólar e juros registraram quedas.A justificativa para tal otimismo foi a divulgação da balança comercial brasileira de fevereiro, que registrou superávit de US$ 80 milhões. O resultado foi o melhor desde agosto do ano passado. Não foram divulgados maiores detalhes que permitam perceber de que maneira esse resultado se reflete nas tendências do saldo comercial. Mas, pode indicar que o enorme déficit de janeiro foi anômalo e a balança pode estar se recuperando. Na próxima semana, o Banco Central divulga o resultado por setores da economia, permitindo uma análise mais detalhada.Mesmo com o alívio de ontem, continua a apreensão com o comportamento da economia norte-americana, que vem registrando forte desaceleração. O FED - banco central dos Estados Unidos - tem atuado com firmeza na tentativa de evitar uma recessão. Prevê-se que os juros básicos voltem a cair na próxima reunião mensal, dia 20 de março, e que a economia recupere-se no quarto semestre do ano.O mercado, portanto, continua monitorando os dados sobre a economia dos EUA à medida que eles vão sendo divulgados. Hoje, ao meio-dia, será divulgado o índice de sentimento do consumidor de fevereiro. Esse índice é importante, pois no início da semana, uma onda de pessimismo foi estimulada pelo índice de confiança do consumidor, que ficou no nível mais baixo desde junho de 2000. O presidente do FED discursará no mesmo horário no Comitê de Orçamento da Câmara e será divulgado o indicador de obras de imóveis residenciais concluídas em janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.