finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Mercados apreensivos com Argentina

A situação argentina continua no foco das atenções dos investidores. As disputas políticas que antecedem as eleições legislativas marcadas para 14 de outubro; os péssimos indicadores econômicos do país; boatos sobre a saída do ministro da Economia, Domingo Cavallo; e uma conjuntura internacional adversa são os ingredientes para uma deterioração forte da confiança dos investidores no país.Agora no início da tarde a taxa de risco da Argentina estava em 1.922 pontos (veja mais informações no link abaixo), enquanto o Índice Merval da Bolsa de Buenos Aires caía 2,80%, depois de ter atingido ontem a menor pontuação (206,75) em 10 anos. A taxa no overnight, em pesos, disparou para 35% ao mês. Ontem estava em 23% ao mês.No Brasil, o dólar permaneceu em alta durante toda a manhã, diante das fortes incertezas em relação à Argentina. Com a proximidade do final de semana, os investidores aumentam a demanda por dólares como forma de segurança (hedge), a fim de estarem protegidos contra fatos novos negativos nos próximos dias. Às 14h58, a moeda norte-americana era vendida a R$ 2,7560, com alta de 0,69%. Os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - pagam juros de 24,660% ao ano, frente a 24,800% ao ano ontem.Bolsa opera em alta impulsionada por GlobocaboMesmo com todas as incertezas no mercado, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera com alta de 0,65%. Esta melhora da Bolsa foi puxada em parte pela vigorosa alta das ações preferenciais (PN, sem direito a voto) da Globocabo, que têm peso de 5% no índice da carteira teórica do Ibovespa - índice que mede a valorização das ações mais negociadas na Bovespa. Os papéis dispararam 12,28%, cotados a R$ 0,64, com a possibilidade de a empresa receber uma injeção de capital com a venda para um sócio estrangeiro. Ontem no início da noite, a empresa divulgou fato relevante informando que as negociações para a entrada de um sócio estratégico na companhia estão em estágio preliminar. O vice-presidente das Organizações Globo, Roberto Irineu Marinho, admitiu à revista Pay TV, a possibilidade de vender o controle da empresa. Mas os analistas destacam que esta alta pode não se sustentar durante a tarde, especialmente se houver alguma nova notícia ruim vinda da Argentina. A repórter do Serviço Cias Abertas, Silvia Fregoni, informou que, em setembro, a Bovespa continuou perdendo negócios, a exemplo do que vem ocorrendo nos últimos meses. O volume financeiro negociado, de US$ 3,43 bilhões, equivale a uma média diária de US$ 181 milhões - de 5,02% inferior a registrada no mês anterior.

Agencia Estado,

05 de outubro de 2001 | 15h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.