Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Mercados asiáticos consolidam ganhos, mas Tóquio fecha em queda

O iene forte derrubou o preço das ações das grandes exportadoras, segundo os analistas

IAN CHUA, REUTERS

30 de dezembro de 2010 | 07h54

A bolsa de valores do Japão fechou o ano em queda nesta quinta-feira, 30, com o iene forte derrubando as ações de grandes exportadoras, mas os mercados do resto da Ásia tiveram alta, consolidando ganhos sólidos para 2010, liderados por um rali de quase 50% na Indonésia no ano.

Por enquanto, os investidores pareciam esperar perspectivas positivas para a Ásia e a recuperação econômica dos Estados Unidos em 2011, dando menos importância ao risco de mais elevações de juros em economias emergentes como a China e de uma piora da crise de dívida soberana na zona do euro.

O índice MSCI de bolsas da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 0,74%, acumulando alta de quase 15% neste ano.

Em Seul, o mercado avançou 0,4%, fechando o ano com ganho de 22%. O índice da Indonésia IDX, com o melhor desempenho da região, também subiu 0,4% nesta quinta-feira, resultando em 47% de alta no ano como um todo.

Por outro lado, a bolsa de Tóquio caiu 1,1%, com investidores vendendo exportadoras como a Toyota Motor, devido ao iene mais valorizado. O índice Nikkei encerrou o ano em queda de 3 por cento, um dos piores resultados da região.

Muitos mercados asiáticos, como Japão, Coreia do Sul, Tailândia, Indonésia, Filipinas e Malásia fecham na sexta-feira, enquanto outros, como a Austrália, funcionam até a metade do dia.

Em Xangai, houve alta de 0,29%, para 2.759 pontos. Em Hong Kong, o mercado avançou 0,13%, para 22.999 pontos.

A bolsa de Cingapura subiu 0,14%, para 3.2012 pontos, e a de Taiwan ganhou 0,47%, para 8.907 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.