Mercados asiáticos iniciam a semana em alta

O pedido de Hans Blix, chefe dos inspetores de armas da ONU, para que os trabalhos no Iraque sejam prolongados também repercutiu positivamente nas bolsas do sudeste asiático nesta segunda-feira. Em Taiwan, os investidores voltaram ao mercado com a expectativa de que a guerra no Iraque não vá acontecer tão cedo. O pregão fechou em alta de 4,70%, liderado pelos papéis da Taiwan Semiconductor Manufacturing (+6,8%) e da United Microelectronics (+6,7%). Em Seul, o índice Kospi subiu 4,63%, seguindo os ganhos em Wall Street (Dow Jones: +2,05%; Nasdaq: +2,56%). O mercado japonês avançou 0,80%, apesar das vendas realizadas por fundos de pensão do governo. Nas Filipinas, a procura por barganhas provocou alta de 0,10%. A bolsa tailandesa não funcionou hoje por ser feriado nacional no país. No intervalo dos negócios, as demais bolsas do sudeste asiático registravam: Hong Kong: +1,73%; Indonésia: +1,03%; Malásia: +0,31% e Cingapura: +2,18%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.