coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Mercados atentos à política e EUA

Os mercados estão em compasso de espera enquanto aguardam o desenrolar da crise entre os partidos da base governista, o PSDB e o PFL. Os investidores ficaram mais aliviados esta manhã com a declaração do senador Jorge Bornhausen, presidente do PFL, que voltou a dizer que o partido votará a favor da prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), com isenção para os negócios no mercado de ações. A declaração de Bornhausen, endossada também pelos ex-ministros José Jorge e Roberto Brant, ajudou a desfazer o mal estar causado ontem pelo líder na Câmara, Inocêncio de Oliveira. Ele havia dito que a bancada não votaria a CPMF a semana que vem porque precisava de um tempo para que seus integrantes discutissem a questão. O atraso na votação pode deixar a CPMF sem validade por pelo menos duas semanas a partir de 18 de junho. Cada semana sem arrecadação da CPMF causa prejuízo de R$ 400 milhões ao Tesouro.Às 14h42, o dólar comercial estava cotado a R$ 2,3520 na ponta de venda dos negócios, em baixa de 0,88%. No mercado de juros, os contratos de DI futuro com vencimento em outubro, negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), pagam juros de 18,170% ao ano frente a 18,280% ao ano ontem. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera com alta de 0,88%.O mercado de ações foi influenciado pelo bom desempenho das bolsas norte-americanas. Às 14h46, o Dow Jones - Índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - está em alta de 0,88%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - opera com alta de 2,51%.Os investidores norte-americanos gostaram da queda do desemprego e do aumento de postos de trabalho criados em fevereiro nos Estados Unidos. O desemprego caiu para 5,5% no mês passado, o nível mais baixo em quatro meses. Os analistas esperavam um aumento no desemprego para 5,7%. Outra boa notícia é que as empresas voltaram a contratar. Foram criadas 66 mil vagas em fevereiro contrariando as previsões de estabilidade.Não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

Agencia Estado,

08 de março de 2002 | 15h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.