finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Mercados atentos ao cenário externo

Os investidores continuam atentos à situação argentina. O receio de perdas com o país vizinho aumentou após a agência de classificação de risco Standard & Poor´s ter advertido, anteontem, que poderá rebaixar o rating (classificação) para nível de default - leia-se calote -, caso a renegociação, mesmo que voluntária, implique perdas aos bancos e fundos. A agência britânica de risco Fitch, por sua vez, disse que, para a reestruturação da dívida argentina funcionar, o país teria de reduzir significativamente o serviço da dívida nos próximos anos, de aproximadamente US$ 28 bilhões em pagamentos programados em 2002 para US$ 14 bilhões a US$ 20 bilhões, o equivalente a 5% a 7% do atual Produto Interno Bruto (PIB). Tal operação, de acordo com a Fitch, poderia resultar num prejuízo aos portadores de bônus de US$ 10 bilhões a US$ 26 bilhões.Os números assustaram os investidores e a taxa de risco da Argentina voltou a passar de 1.700 pontos. O dólar também está em alta e há pouco era vendido a R$ 2,7540, com alta de 1,14% em relação aos últimos negócios de ontem. No mercado de juros, os contratos de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - pagam juros de 22,710% ao ano, frente a 22,830% ao ano ontem. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera com queda de 2,02%.O índice Merval da Bolsa de Valores de Buenos Aires está em queda de 0,59%. Nos Estados Unidos, o Dow Jones - Índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - opera com baixa de 0,87%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - registra queda de 0,19%. Não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

Agencia Estado,

18 de outubro de 2001 | 15h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.